ONU diz que cortes na emissão de gases são “insuficientes”

Temperaturas médias globais poderão subir entre quatro a cinco graus centígrados até 2100 se não houver ação conjunta.

A ONU considerou hoje que as reduções de gases poluentes da atmosfera a que os países se comprometeram voluntariamente são “insuficientes” para limitar a subida da temperatura global a valores inferiores a dois graus centígrados.

O aviso veio da secretária-geral da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (UNFCCC, na sigla inglesa), Christiana Figueres, ao apresentar, em Berlim, o resumo dos planos nacionais, de 146 países, para combater o aquecimento global.

Figueres, citada pela agência EFE, explicou que, se a comunidade internacional não agir em conjunto e determinadamente, as temperaturas médias globais poderão subir entre quatro a cinco graus centígrados até 2100, tendo por base as estimativas feitas recentemente pela Agência Internacional da Energia (AIE).

A responsável da UNFCCC salientou que, mesmo que os 146 países implementem totalmente as medidas que aprovaram, a subida das temperaturas atingirá os 2,7 graus, o que significa que os cortes propostos são “insuficientes”.

in Diário de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.