15 empresas estimam poupar 132 milhões de euros em 10 anos com projetos de eficiência energética

Um conjunto de 15 empresas implementou recentemente 17 projetos de eficiência energética, representando um investimento global próximo dos 15 milhões de euros, o qual proporcionou uma poupança conjunta por cada ano de cerca de 13 milhões de euros.

A cinco anos, a poupança agregada atinge os 64 milhões de euros e, a 10 anos, os 132 milhões de euros, segundo os cálculos do BCSD.

Estes resultados integram o projeto do BCSD – AÇÃO 7 – Demonstrar o valor gerado por projetos de eficiência energética – o qual tem como objetivo demonstrar até que ponto a eficiência energética é crítica para a competitividade das empresas e para a sustentabilidade dos negócios. Estas 15 empresas têm um volume de negócios agregado superior a 19 mil milhões de euros e empregam mais de 137 mil colaboradores. Os 17 projetos foram analisados em três vertentes: redução do consumo anual de energia, redução das emissões de CO2 e impacto financeiro.

Os 17 projetos de eficiência energética permitiram uma redução de 15 mil tep (toneladas equivalentes de petróleo) no consumo anual de energia, valor que equivale a 7% do consumo de energia das empresas analisadas e que é comparável ao consumo anual de 1.250 famílias portuguesas. Tendo em conta que o objetivo estipulado no Plano Nacional de Ação para a Eficiência Energética (PNAEE) para a redução do consumo de energia primária para 2020 é de 25%, parte desse objetivo pode vir a ser cumprido com base em projetos desta natureza.

Os projetos permitiram alcançar uma redução global de 21% das emissões de CO2, valor que se encontra em linha com os objetivos definidos no Programa Nacional para as Alterações Climáticas (PNAC), que prevê uma redução dos gases com efeito de estufa entre 18% e 23% até 2020.

In APEA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.