Cidades italianas restringem automóveis devido à poluição

Roma e Milão vão restringir os automóveis durante os próximos três dias devido ao aumento dos níveis de “smog” (tipo de poluição que se assemelha a nevoeiro).

Cidades italianas restringem automóveis devido à poluição

As cidades italianas de Roma e Milão vão tentar, durante esta semana, reduzir os níveis de “smog” restringindo o acesso de veículos, escreve esta segunda-feira, 28 de Dezembro, a BBC.

Milão vai proibir a entrada de veículos e motociclos durante seis horas por dia durante os próximos três dias, entre as 10:00 e as 16:00. Já em Roma, a abordagem é diferente: os carros cuja matrícula termine em número ímpar são impedidos de entrar na cidade por nove horas esta segunda-feira e os automóveis cuja matrícula termine em número par vão ser barrados por nove horas na terça-feira.

Na capital italiana, os carros “amigos do ambiente”, como os híbridos, são a excepção, podendo continuar a circular. Em Milão, as autoridades introduziram um bilhete de transportes públicos especial “anti-smog” válido para todo o dia com o preço de 1,50 euros.

A medida foi anunciada na semana passada e o presidente da câmara de Milão, Giuliano Pisapia, disse através de um comunicado citado pela BBC que “nestes dias de grande emergência, não podemos ficar indiferentes”.

in Jornal de Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.